quarta-feira, 29 de junho de 2011

Empire State Building

Domingo, 12/06, foi dia dos namorados! E nós estavamos longe dos namorados! BUÁ!! Estavamos com mta saudades deles, sorte é que faltava só 1 semana pra acabar os 6 meses de viagem e voltarmos pra Brasil. Eu estava muito ansiosa. E pra nos distrairmos, nada melhor do que passear, ver coisa diferente!

Empire State Building visto do Rockfeller
No domingo fomos no Empire State Building! O Empire é um dos prédios mais altos do mundo, com uma altura máxima "habitável" de 86 andares, e total de 102!!! =O No meio de tantos prédios enormes de Nova York ele não parece tão enorme, mas quando vc esta lá em cima vc percebe que ele é mto alto! Nossa!

Manhattan

Flatiron Building

A única coisa que não é possível ver lá de cima é o Central Park inteiro, porque tem um outro prédio enorme entre os dois, o Rockfeller. Fomos nele um outro dia para ver a vista do Central Park, afinal, estavamos em NY e não podiamos perder nada!

Rockfeller tampa a vista do Central Park. Sacanagem!

Infelizmente o dia estava um pouco nublado, então não conseguimos ver longas distancias, mas a ilha de Mahathan conseguimos ver inteirinha! Foi muito legal e, posso até falar, emocionante. Isso porque você estar em um dos mais comentados pontos turísticos do mundo da uma emoção, e minha cabeça registrou aquela paisagem, espero que por muito tempo. Achei muito legal!

Vista

Chrysler Building


terça-feira, 21 de junho de 2011

Chegamos!!

Enfim, chegamos! Chegamos em Guarulhos no sábado, dia 18/06, às 11h10. Nosso vôo atrasou duas horas devido ao mau tempo em NY. Como precisamos sair mais cedo do que esperávamos do apartamento - fomos expulsas... -, chegamos no JFK (aeroporto de NY) às 16h00 (eu) e às 17h00 (Má e Flá) - nossas mtas malas não cabiam tds num mesmo táxi, então tivemos que nos dividir em 2 carros. Portanto ficamos MTAS horas na sala de embarque, esperando a hora de embarcarmos. E a sacanagem é que só tinha internet de graça por 20 minutos por IP. Se quisesse mais que isso, tinha que pagar.... =/

Como não tínhamos acesso à internet no apartamento, não conseguimos atualizar devidamente o blog nessas duas últimas semanas.... Temos mtos posts faltando, então decidimos atualizá-lo mesmo já estando aqui no Brasil. Essa semana prometo que vou postar alguns.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

MoMA

Sexta-feira, 10/06, fomos visitar o MoMA (Museum of Modern Art). O museu em si já é uma obra de arte, pois ele tem uma obra de arquitetura diferente, composta de dois blocos, um de frente pro outro, com uma parede cada de vidro e no meio um jardim, cheio de esculturas.

Estátua no Jardim interno
Dentro do MoMA

Jardim interno e um dos lados no MoMA
O MoMA é a casa de obras de arte muito famosas que ouvimos falar e vimos muito quando estudamos arte moderna. Entre elas vimos ao vivo alguns quadros de Monet, Van Gogh, muitas obras de Picasso, fotografias de Rodchenko, entre mtos outros. Foi mto legal!

Alguns dos quadros do museus
Pra quem tiver em uma viagem econômica, descobrimos que o MoMA é Free de sexta feira das 16h00 as 20h00, mas como ele é muito grande (não parece tãao grande) talvez não seja o suficiente para os lerdinhos nos museus! Nós ficamos e dia todo lá e cansamos, mas valeu mtooo a pena! ADOREI!


Metrô de NYC

O metrô de NY é mto feio, sujo, confuso, apertado e sinistro. Pronto falei. É o metrô mais tudo-isso que a gte já viu. Talvez pq ele é mtoooo antigo... Ele é todo feito de azulejos que talvez um dia foram brancos, tem mto lixo nos trilhos e ratos tb. Fora que ele tem grades, o que me lembra o aubergue ex-prisão de Ottawa, com a diferença que o aubergue era bem mais limpinho, hehehehehe. Mas essa associação me faz achar o metrô de NY ainda mais feio e sinistro....

Metrô sinistro
Qdo fomos para o Coney Island as estações de lá eram ainda mais sinistras, pq elas eram a céu aberto, com todas as paredes pichadas, descascadas e um matagal em torno dos trilhos.

Má na entrada no metrô

Escadarias e trilhos do metrô do Coney Island
As linhas tb são mtooo confusas, pq tem mtas linhas, tantas que letras não foram suficientes, então usaram números tb. Tem metrôs expressos, ou seja, que não param em todas as estações, então vc tem que ficar esperto antes de subir no vagão ou pode ir parar mais longe do que esperava. Estamos tb mto acostumadas a nos orientar no metrô de acordo com as cores das linhas, mas no mapa que tem nas estações as cores são diferentes das cores do mapinha que pegamos no próprio metrô....

Depois de 10 dias aqui, acho que já nos acostumamos, mas ainda temos que parar uns 10 minutos olhando o mapa para nos localizarmos e sabermos qual linha e qual sentido precisamos pegar.


sábado, 11 de junho de 2011

Brooklyn Bridge

No domingo, dia 05/06, fomos conhecer o Brooklyn. Fizemos uma caminhada que o guia que eu comprei sugeria. Essa caminhada começava atravesando a ponte do Brooklyn. 




A ponte do Brooklyn começou a ser construída em 1883 e demorou 16 anos pra ficar pronta. Ela foi a primeira ponte suspensa em aço a ser construida no mundo.

Atravesando a Brooklyn Bridge


Vista durante a travessia

Ela é bem legal, mas metade dela esta em reforma, o que deixava a paisagem um pouco mais feia, mas mesmo assim, ainda bem legal!

Cabos de aço da ponte!


Constinuamos caminhando pela rota sugerida. Almoçamos comida árabe, boa e barata no Mideastern Pita Stuffed.





No fim da caminhada pegamos o metro e fomos pro Coney Island, onde timos visto em um blog que tinha um parque de dirversões vintage. Fomos todas empolgadas, demoramos apenas 18 estações de metro e cheganso lá ficamos levemente decepcionadas. O parque não era nada vintage, e parecia aqueles parques itinerantes, de pracinha de cidade, só que vários um do lado do outro.


Coney Island




A surpresa do dia, foi que na frente do parque de diversões tem uma praia! Sim, com areia, vento, muvuquinha, farofa, e tudo mais! =) Ficamos super surpresas e impressionadas!

Ju e Flá na praia em NYC!


quinta-feira, 9 de junho de 2011

Estátua da liberdade

Ontem, terça-feira, dia 07/06 fomos ver a famosa estátua da liberdade!! Fomos logo de manhã, pegamos uma fila imeeensa até o barco e fomos pra ilha. Fizemos um mega book da estátua de tds os ângulos possíveis hahahhaha

 Barco que nos levou até a Estátua, o Miss Liberty


 Olha lá, Manhattan!






Pagando mico na ilha!

Depois pegamos o barco de novo e fomos para a Ellis Island, que era por onde os imigrantes chegavam na América. O prédio central é hj um museu que mostra passo-a-passo como era a vinda dos imigrantes pra cá, as etapas para que eles fossem aceitos na América, e as condições às quais eles se submetiam, em busca de uma vida melhor.

 Entrada do Museu dos Imigrantes, Ellis Island.

 Salão central

 Onde ocorriam os julgamentos dos que não eram aceitos, a primeira vista

Dormitório dos imigrantes

Qdo terminamos de ver o museu, já eram quase 16h, dava pra ficar mais na ilha, o dia todo, mas já estávamos starving, então pegamos o barquinho e fomos almoçar no Píer 17, recomendação da tia da Má. Lá comemos o famoso cachorro-quente do Nathan´s e eu descobri que o cachorro-quente deles é com linguiça e não salsicha!!!! Mto estranhooo!!!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Times Square

Adoramos a Times Square!!! A primeira vez que fomos lá foi no domingo, dia 05/06 a noite e gostamos tanto que voltamos lá mais duas vezes!!! Foi o primeiro momento em que realmente caiu a ficha que estamos em NY, pq nos outros passeios que fizemos antes a cidade não pareceu mais interessante que outra cidade grande, como Sampa. E estávamos ainda meio bravas com os rolos da nossa chegada aqui...















A Times Square é toda iluminada o dia inteiro, mas é claro que é mais bonita a noite, qdo podemos ver bem suas luzes. Ela tem váarias lojas legais de várias marcas, uma mais bonita que a outra. Fomos na loja do M&M´s, da Hershey´s, uma loja de brinquedo que tem uma roda gigante dentro dela(!) e na Coldstone, uma sorveteria que tb tem no Canadá - já éramos fãs.







Resumo Montréal

Tivemos mtos problemas de conexão com a internet na última semana e por isso nosso blog ficou suuuuuper atrasado! Sorry =/

Enquanto as meninas estavam em Toronto, como vcs viram nos posts abaixo, eu fiquei em Montréal na casa da minha amiga Reina, que morava no apê-anexo ao meu, heheh. Ela foi mto mto legal de me hospedar na casa dela por 12 dias e me aguentar lá - sim, pq ela e o namorado dormiram na sala, para me deixar com o quarto! O único problema é que ela tem um gato.... e eu sou alérgica... fiz um tratamento para alergia há alguns anos e acho que isso ajudou a amenizar um pouco minha situação.... mas mesmo assim, 12 dias numa kitnet com um gato me deu várias crises e eu tive que tomar mtos remédios para alergia... quase um por dia! =/

Outra coisa é que ela mora em Montréal norte, então para chegar no centro da cidade demorava no mínimo 1 hora!! Mas td bem, pq era bem fácil, o pto de busão era na esquina da casa dela e ele deixa na porta do metrô, então, sussa.

Voltei na Universidade McGill - que tava suuuper diferente de como a vimos, em dezembro - andei pela Sherbrooke, Ste Catherine - que ta toda enfeitada e fechada para carros, por causa dos festivais de verão! -, velho porto, Mont Royal, fui de novo no Museu de Belas Artes, comi um doce típico que se chama Queue de Castor (literalmente, "rabo de castor"), que é uma massa no formato de um rabo de castor com coberturas doces - a que vc escolher. Encontrei tb alguns amigos de RN, outros, não consegui rever... =/

Rue Ste Catherine enfeitada para o verão!

Qdo as meninas chegaram, fui busca-las na rodo. A Má veio ficar comigo na casa da Reina e a Flá foi pra casa do primo dela. Nesse mesmo dia fui com a Reina numa baladinha onde um amigo dela ia discotecar, e treinei meu portunhol a balada toda, hahahaha! ( a Reina nasceu em Montréal, mas a família dela é da Guatemala. Em Montréal norte só tem imigrantes - grande parte de origem latina ou árabe. Ou seja, é um bairro em que a língua menos falada é o francês, embora quase tds saibam falar francês tb.

Nos dias 30, 31 e 01, o primo da Flá conseguiu folga do trabalho e passeou conosco. E cozinhou tb, hahahah! O primo da Flá, pra quem não sabe, é cozinheiro de profissão! Ele está em Montréal já a 5 anos, e estudou culinária lá, mas já está formado. 





Na segunda, dia 30, passamos a tarde com ele e o David no parque do Mont Royal, tomando sol e conversando. A noite, ele fez lagosta para nós (tava barata, aí mandamos ver, eu e a Flá nunca tínhamos provado lagosta antes) e eu matei uma delas!! hahahhaha Pq a lagosta tem que matar na hora em que vai cozinhar, pra carne ficar mais saborosa.
Felipe e Flá no Mont-Royal

Flá, Jú, Má e David no Mont-Royal

Flá, Má, David e Ju no Mont-Royal
Ju matando a lagosta




Na terça, dia 31, fomos no Oratoire Saint Joseph, pq não tínhamos ido nele em dezembro. Ele é enorme, e fica lá no alto, tem mtaaaas escadas e subimos de joelhos pra pagar os pecados, hahahhahahhaa brinks! =P


Oratoire Saint Joseph

Má pagando seus pecados

Ju subindo as escadarias de joelhos

Oratoire Saint Joseph
Na quarta, dia 01, véspera de darmos Au revoir pro Canadá, arrumamos as malas, fizemos as últimas compritchas de souvenirs e fomos numa festinha de depedida na casa do primo da Flá. Lá, ensinamos as amigas e a namorada dele a dançarem samba e elas nos ensinaram a dançar salsa e merengue!! O Felipe fez hambúrgeres pros carnívoros e Moqueca pros semi-vegetas. Os mais espertos comeram Moqueca, claro! =)


Festinha, com mtos latinos! (pena que as meninas já tinham ido embora)